Ônibus vão aceitar cartões de crédito e débito em São Paulo


 

Os ônibus vão aceitar cartões de crédito e débito (a partir do dia 16/09/2019) e já há cerca de 200 veículos aceitando. Esse projeto foi criado na cidade de São Paulo contando com a disponibilidade de 12 linhas de ônibus.

O intuito da iniciativa é evitar problemas relacionados aos passageiros que andam somente com cartões. Além disso, muitos motoristas precisavam contar sempre com trocos dentro do ônibus que poderiam não somente atrasar as viagens, mas serem atrativos para potenciais assaltos.

Os próprios clientes e passageiros não querem mais usar dinheiro para uma urgência no caso de precisarem pegar um ônibus. As pessoas hoje preferem andar com cartões do que com dinheiro no bolso até por conta da segurança.

Os ônibus vão aceitar cartões de crédito e débito com tecnologia NFC

Tanto os cartões de crédito e quanto de débito que funcionam por aproximação são possíveis de serem usados. Esse serviço também está disponível para smartwatches e celulares que permitem o pagamento por aproximação.

A tecnologia NFC permite a troca de informações entre um dispositivo e uma máquina de cartão. A sigla NFC significa Near Field Communication (Comunicação por Campo Próximo). Isso indica justamente a sua função que permite que os pagamentos sejam concluídos somente através da aproximação à maquininha.

Não sendo necessário a utilização de uma senha, a aproximação é suficiente para a conclusão do pagamento. Essa tecnologia pode ser usada em dispositivos Android e em São Paulo já está sendo utilizada para a recarga do Bilhete Único.

O uso possibilita a integração com trens e metrôs?

Essa é provavelmente a única limitação que você encontrará no projeto novo de uso de cartões. É uma tecnologia que não possibilitará a integração de mais de um ônibus, nem com os trens e metrôs.

Caso você precise fazer essa integração diariamente para ir ao trabalho pode ser mais importante usar o Bilhete Único. No entanto, para uma emergência realmente pode ser muito interessante.

Período de vigência do projeto-piloto

A duração desse projeto está planejada para 3 meses ou até que atinja a quantidade de 500 mil transações. A projeção é de que os 200 veículos cheguem a atender cerca de 2,9 milhões de passageiros em São Paulo.

A intenção será a de testar, para posteriormente ampliar o projeto para outras linhas de ônibus, verificando a viabilidade do uso. A Prefeitura de São Paulo iniciou este ano esse tipo de implantação, porém poderá ampliar, permitindo a facilitação do processo de pagamento das tarifas de ônibus pelos passageiros.

Linhas que já disponibilizam essa forma de pagamento

Vejamos adiante as linhas que estarão com esse projeto-piloto disponíveis pelo período de implantação:

  • Linha 917M/10 do Metrô Ana Rosa e Morro Grande.
  • Linha 917M/31 do Metrô Ana Rosa e Morro Grande.
  • Linha 9500/10 de Praça do Correio e Terminal de Cachoeirinha.
  • Linha 9300/10 do Terminal Parque Dom Pedro II e do Terminal Casa Verde.
  • Linha 908T/10 no Butantã e Parque Dom Pedro II.
  • Linha 2002/10 no Terminal Bandeira e Parque Dom Pedro II.
  • Linha 2590/10 no Parque Dom Pedro II e União VI. Nova.
  • Linha 4031/10 no Metrô Tamanduateí e Parque Santa Madalena.
  • Linha 5129/10 no Terminal Guarapiranga e Jardim Miriam.
  • Linha 5129/41 do Santo Amaro e Jardim Miriam.
  • Linha 6030/10 do Terminal Santo Amaro e UNISA-CAMPUS 1.
  • Linha 675R/10 do Metrô Jabaquara e Grajaú.
  • Linha 715M/10 do Largo da Pólvora e Jardim Maria Luiza.
  • Linha 807M/10 do Shopping Morumbi e Terminal Campo Limpo.

Como já dissemos anteriormente a intenção da prefeitura será ampliar o projeto caso seja viável para outras linhas da cidade. No entanto, enquanto estiver como piloto somente as linhas especificadas acima serão usadas inicialmente e oferecerão essa possibilidade.

Recarregue sem sair de casa

Há inúmeras opções para quem precisa fazer a recarga de seu Bilhete Único. Adiante mostraremos mais algumas opções de aplicativos que facilitarão a recarga:

  • Loja virtual da SPTrans: permite que cartões comuns e de estudante sejam recarregados.
  • Recarga Play: está disponível tanto pela Google Play e através da Apple Store para iPhones.
  • Recarga por transação bancária através do BB: permite em São Paulo a recarga comum e mensal de estudante.
  • Biplay: permite que você faça recargas rapidamente através do Facebook Messenger.

Os benefícios em ter ônibus que aceitam cartões de crédito ou débito

Como dissemos anteriormente muitas pessoas sentem dificuldade em ir até os locais determinados para recarga. Uma solução para isso seria a possibilidade sim de fazer a recarga pelo celular e andar sempre com o cartão em mãos caso precise andar de ônibus.

No entanto, o uso de cartões nos ônibus permitindo que a pessoa compre sua passagem com essa forma de pagamento não facilita somente para o passageiro. Muitos motoristas ficam encarregados de fazerem o trâmite do troco.

Além disso, com certeza a empresa de ônibus pode economizar grande parte de seus gastos com cobradores que são contratados apenas para receberem os bilhetes e fazerem os trocos. Isso consequentemente diminuirá os custos que serão repassados nas passagens.

Há inúmeras pessoas que já não carregam dinheiro consigo. Os antigos cobradores já foram substituídos por catracas eletrônicas que se abrem após a verificação de crédito do Bilhete e a subtração da tarifa.

E então gostou do post? Deixe a sua opinião nos comentários e compartilhe para que outras pessoas também possam ter acesso a esse conteúdo. Até a próxima.

Leave a Reply